Pular para o conteúdo principal

Pratos africanos: Descubra o que é servido na festa da princesa Dara

Na peça "A Princesa Dara e o Sapo Que Fala", existe um momento no qual acontece a festa de aniversário da princesa. Além de muita dança, música e pessoas queridas, a festa é acompanhada de deliciosos pratos e especiarias da cultura africana, como a chermoula, que é citada pela rainha Nandi Ka, em uma das cenas. Conheça agora o que poderia ser servido em uma grande festa, como o aniversário da princesa. É de dar água na boca!

PRATOS DA GASTRONOMIA AFRICANA


Bobotie: Esse é um prato feito com cozido de carne moída, leite, castanhas, pão, cebola, damascos, passas, curry (tempero forte). Essa é a comida típica preferida de Nelson Mandela, o mais importante líder africano da história recente recente.
Biltong: Original da África do Sul, é uma carne curada consumida em todo o continente. Geralmente o prato é preparado com pimenta preta, salta, açúcar, vinagre e molho barbecue.
Fufu: Popular no Oeste, é feito a partir da fervura da mandioca e do inhame (pode ser substituído pela banana) e em seguida é batido até ficar com a consistência de massa.
Mandazi: Com forma que lembra o nosso bolinho de chuva, o prato é um dos principais na culinária Suaíli e acompanha qualquer prato ou pode servir de aperitivo. Os ingredientes básicos são amendoim, leite de coco e amêndoas.
Injera: Crepe com farinha fermentada na água por dois ou três dias. Depois eles são assados numa chapa de ferro ou blaca de barro, colocadas sobre um fogão. As injera são úmidas e fofas e consumidas principalmente na Somália e Etiópia.
Arroz Jollof: O prato mais popular no Oeste africano, o alimento tem como ingredientes básicos arroz, tomate, molho de tomate, cebola, sal e pimenta vermelha. Ele é consumido principalmente na Nigéria, Togo, Gana, Serra Leoa e Libéria.
Chermoula: Uma mistura de ervas, leva óleo, suco de limão, alho, cominho e sal. Ele é consumido basicamente no Norte e os ingredientes variam de acordo com o país.
Nyama Choma / Braaivleis / Mechoui: Com nomes e técnicas de cozinhar diferentes, é apreciado quase que em todo o continente. É um tipo de carne assada servido em restaurantes chiques ou no comércio de rua de Nairóbi, no Quênia. Também vai bem com cerveja.
Couscous: Alternativa interessante para o arroz e massas no Norte da África, o cuscuz é feito no vapor e com trigo. O prato também está presente na mesa dos brasileiros.
Piri Piri: Original de Portugal, é um molho picante e adotado pela cozinha sul-africana.
Créditos do texto:

⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀Siga a Cia Kokelinha:

⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀Siga a Cia Kokelinha:
⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀| ©2019 - 2020 Kokelinha Cia de Teatro | ciakokelinha@gmail.com |